Enquanto Governo promove “folia” com cargos, moradores da Folha Grossa protestam na TO-126

This post has already been read 4 times!

Alessandro F. Guimarães // Agência Tocantins

Realmente a população não aguenta mais tanto descaso do Governo do Tocantins com os problemas que dificultam o dia-a-dia. Na  manhã  dessa segunda-feira 19,   foi os moradores do povoado Folha Grossa, no município de Tocantinópolios, deram o grito de alerta em protesto contra do descaso da administração pública estadual.

Os moradores do povoado que vivem isolados pelas péssimas condições da rodovia TO – 126, no trecho que liga os Municípios de Tocantinópolis à Maurilândia, bloquearam a rodovia na manhã desta segunda-feira usando madeira, pedras e faixas  em protesto reivindicando melhorias  para a rodovia, participaram do protesto estudantes e moradores da região.

Devido às péssimas condições de trafegabilidade da rodovia, a prefeitura de Tocantinópolis realizou por conta própria uma manutenção nos trechos mais críticos da TO-126, que é de responsabilidade do governo do estado, para socorrer os moradores da região.

Produtores rurais e moradores da região afirmam que vem sendo enrolados pelo governo desde a  época do  governador Siqueira Campos que anunciou um pacote de obras para a região em junho de 201, pacote esse que incluía a TO-126, Siqueira saiu e não fez. Sandoval Cardoso entrou e também não fez nada.  Agora o Governador Marcelo Miranda voltou a assinar a ordem de serviços para a mesma obra em 27 de agosto de 2015, é até a presente data nada foi feito em benefício dos moradores da região.

De acordo com os manifestantes a população tem reclamado das péssimas qualidades dos serviços já realizados pela empresa Jurema que estaria terminando a recuperação do trecho de Angico à Luzinópolis, da TO -134 e no trecho da TO – 126 que foi iniciado entre Aguiarnópolis e Tocantinópolis, que segundo eles são de péssimas qualidade nesses dois trechos.

Os recursos para a obra são do Programa de desenvolvimento regional  Sustentado – (PDRS), adquiridos através  de empréstimo do Governo. Mesmo sem terminar nenhuma obra dos quase 3 Bilhões de reias contraídos de empréstimos nos últimos anos para serem investidos em obras na região.

De acordo com informações, o governo do estado ainda quer autorização da Assembleia Legislativa, para contrair mais de bilhão de reais em empréstimos para concluir a obra sem ter terminado  os que foram iniciadas.

(Com informações da Folha do Bico)

Comentários do Facebook
COMPARTILHE