MPE, DPE e Estado firmam acordo para realização de mais de 120 cirurgias ortopédicas

Acordo foi homologado pela juíza Silvana Maria Parfieniuk - Foto: Divulgação/MPE

This post has already been read 6 times!

Em audiência de conciliação realizada na tarde desta quarta-feira, 14, na 2ª Vara dos Feitos da Fazenda e Registros Públicos de Palmas, o Ministério Público Estadual (MPE), a Defensoria Pública do Estado (DPE) e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) firmaram acordo para que sejam regularizadas as cirurgias ortopédicas de urgência, emergência e eletivas em todo o Estado. Na ocasião, o secretário Estadual de Saúde, Marcos Esner Musafir, apresentou o projeto da Força-Tarefa da Cirurgia Traumato-Ortopédica, proposta que põe fim à fila de espera de pacientes internados e os que aguardam as cirurgias eletivas.

O acordo foi homologado pela juíza Silvana Maria Parfieniuk. Conforme o cronograma apresentado, constam que os trabalhos serão iniciados a partir do dia 23 de junho, nos Hospitais Regionais de Paraíso e Miracema do Tocantins, e a partir de 01 de julho, no Hospital Regional de Porto Nacional.

A força-tarefa também reforçará os trabalhos com a contratação de médicos que deverão concluir, no prazo de 60 dias, as cirurgias de 128 pacientes que se encontram internados e, no prazo de 90 dias, para aqueles que aguardam na fila de espera das chamadas cirurgias eletivas.

As cirurgias eletivas de média e baixa complexidade serão contrarreferenciadas para os hospitais regionais de Paraíso e Miracema do Tocantins, ficando o HGP destinado apenas para cirurgias de alta complexidade.

(Com informações da Ascom/MPE)

 

Comentários do Facebook
COMPARTILHE