SABATINA

Executivo de Divinópolis – TO responde questionamentos do legislativo

Os vereadores Zé Antônio da Auto Escola (PSDB) e Joseni Bodão (SD), perguntaram sobre os gastos

13/08/2019 16h34
Por: Edson Gilmar
Fonte: Ascom/Pref. Divinópolis
466
Ijetiel Almeida da explicações na
Ijetiel Almeida da explicações na "Tribuna Livre" - Foto: Edsom Gilmar

Durante a semana de sessão desse mês de agosto, na Câmara de vereadores de Divinópolis do Tocantins, servidores da prefeitura, tem dado exaustivas explicações, sobre os questionamentos de parlamentares e da comunidade, sobre as demandas do município.

Na noite de 06 de agosto de 2019, o servidor Ijetiel Almeida, deu explicações sobre as tendas e veículos que o município recebeu, em junho do corrente ano. Após ser indagado sobre a utilização, dos referidos bens públicos, Almeida afirmou que o executivo pode ceder os mesmos, porém a legislação impede que sejam doados em definitivos, para os agricultores, “pode fazer a Cessão de Uso por um determinado tempo, e depois devolver (para a prefeitura)” esclareceu o servidor público.

Outro detalhe importante frisado por Ijetiel, foi o esclarecimento sobre dois carros que é direcionado tão somente em benefícios a mulher da Agricultura Familiar, “esses dois carros são exclusivamente para buscar produtos das mulheres da agricultura Familiar, para atender nas feiras, mas não impede que busca da produção do homem” disse.

Na quinta – feira (08/08/2019) foi à vez do secretário de administração Padre Amarildo Cardoso, ser sabatinado pelos parlamentares. Questionado sobre o Caminhão Coletor de Lixo, o secretário afirmou que está aguardando a liberação dos recursos, de uma emenda da deputada federal Dorinha Seabra (DEM), para a compra de um novo Caminhão Coletor de Lixo, “esse caminhão chegando podemos desenvolver, um trabalho da melhor qualidade possível. A Dorinha nos encheu de  esperança, já o outro (Caminhão Coletor de lixo, que está a cerca de dois anos no estaleiro) depende de dinheiro imediato pra concertar” disse o servidor.

Os vereadores Zé Antônio da Auto Escola (PSDB) e Joseni Bodão (SD), perguntaram sobre os gastos na pintura das arquibancas, e reparos nas instalações hidráulicas e elétricas, no Estádio Municipal Cabo Santos, que custou 17 mil reais, aos cofres públicos. Amarildo justificou a valor, ratificando o cronograma da planilha definido pela engenharia, “custou isso tudo em função, que o engenheiro elaborou em planilha, que determina os valores, as compras” afirmou o secretário.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Palmas - TO
Atualizado às 09h06
27°
Alguma nebulosidade Máxima: 34° - Mínima: 23°
29°

Sensação

6 km/h

Vento

79%

Umidade

Fonte: Climatempo
CAMPANHA ASSEMBLEIA 300X600 - PEÇA TRANSPORTE K
 PRESENÇA DIGITAL DEZEMBRO -REGIÃO CENTRAL
Municípios
BANNER ANUNCIE AQUI 2
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
BANNER ANUNCIE AQUI
BANNER AVECOM