Iniciada na tarde desta sexta-feira, 20, a operação de fiscalização da prefeitura de Palmas tem o objetivo de assegurar que os polos comerciais da cidade cumpram com o Decreto de Situação Emergencial em Saúde Pública na capital, causada pela pandemia do Coronavírus. A fiscalização irá acontecer diariamente em todos os locais da cidade e em todos os horários.

A operação está sendo realizada por fiscais de postura e da Vigilância Sanitária, guardas metropolitanos e agentes de trânsito, que abordam os comerciantes em busca de orientá-los sobre os riscos que os funcionários e a população correm de contrair o Covid-19 quando as atividades não são suspensas e as medidas emergenciais não são devidamente cumpridas.

Na sexta-feira, a operação foi efetuada nas quadras da região Norte, Avenida JK e a Avenida Tocantins, em Taquaralto. Até o momento, supermercados, farmácias, postos de combustíveis, distribuidoras e revendedores de água e de gás, laboratórios, clínicas, serviços médicos, fisioterapêuticos, de psicologia e farmacêutico e serviços de entrega estão com funcionamento permitido em Palmas.

Denúncias sobre o descumprimento das determinações da prefeitura do município podem ser feitas pelo 190 (Polícia Militar) ou por meio do canal de atendimento da Guarda Metropolitana de Palmas, no número 153.

Comentários do Facebook